This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Angelini University Award distingue estudantes de Fisioterapia do IPS

Projeto ReCoV19 - Recovery from COVID19 recebe 2º prémio

O projeto ReCoV19 - Recovery from COVID19, desenvolvido por oito estudantes de Fisioterapia da Escola Superior de Saúde do Politécnico de Setúbal (ESS/IPS), foi ontem galardoado com o 2º prémio no âmbito da 12.ª edição do Angelini University Award (AUA). 

O concurso, promovido pela farmacêutica Angelini Pharma, visa premiar ideias inovadoras implementadas por estudantes do Ensino Superior, tendo nesta edição (2020/2021) adotado o mote  "Soluções de crises em saúde".

 O projeto distinguido colocou no terreno um programa de telerreabilitação para pessoas que ficaram com sequelas respiratórias deixadas pela COVID-19, contemplando, até ao momento, um total de 30 utentes, que assim puderam aceder a uma solução alternativa de acompanhamento pós-alta, com a duração de oito semanas.

A intervenção, que consiste num conjunto de exercícios terapêuticos realizados em grupo e acompanhados à distância, visando a melhoria do controlo da respiração, da tolerância ao exercício e da qualidade de vida, foi desenhada e conduzida no terreno por estudantes de Fisioterapia da ESS/IPS, sob supervisão do fisioterapeuta Renato Reis e da docente Margarida Sequeira, coordenadora do curso de licenciatura.

##1## ##2##

De acordo com a responsável, trata-se de um projeto com evidentes benefícios para ambos os lados da relação terapêutica. Para os utentes participantes, com a "redução dos sintomas de dispneia e fadiga e a melhoria da resistência ao exercício e da força muscular, além do reforço dos hábitos de atividade física autónoma". Já no caso dos estudantes, adianta, "além de terem realizado o estágio na área específica da Fisioterapia Cardiorrespiratória, desenvolveram também competências de telerreabilitação, que certamente farão parte do futuro da Fisioterapia".

Recorde-se que o programa implementado conta com o apoio e divulgação da Associação INPIRO2, nascida em pandemia e dedicada à recuperação pós-COVID- 19.

A 12.ª edição do Angelini University Award (AUA) distinguiu igualmente estudantes da NOVA Medical School - Faculdade de Ciências Médicas, que arrecadaram o 1º prémio com o projeto + Segura - Sistema de Apoio à Gestão Terapêutica, e da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Bragança, que concorreu com o projeto Sistema Colaborativo para Gestão e Monitorização de Cuidados de Saúde no Domicílio, escolhido por votação do público.

18 de novembro/2021

Opções
Últimas Notícias
Politécnico de Setúbal reforça qualificação de talentos digitais
Jornal MoveTe | nova edição já disponível
IPS distinguido por boas práticas na área da sustentabilidade
Estudantes do IPS criam aplicações para cuidadores de doentes de Alzheimer
Ministro defende 'ensino superior mais ativo' nos Países de Língua Portuguesa