This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Estudantes Casos de Sucesso João Calado
JOÃO CALADO

Mestrado em Segurança e Higiene no Trabalho

1. Após a Licenciatura em Engenharia Civil, o que o motivou a prosseguir estudos no IPS, no Mestrado em Segurança e Higiene no Trabalho?

A Higiene e Segurança no trabalho na área da construção civil é um tema que requer uma gestão da prevenção do risco, atendendo a potenciais perigos relacionadas com atividades desenvolvidas num estaleiro. Deste modo, o Mestrado de Segurança e Higiene no Trabalho permitiu alcançar um conjunto de conhecimentos fundamentais na atenuação de acidentes inerentes a este setor.

2. Quais os melhores momentos que recorda enquanto estudante do IPS? Tem boas recordações?

Os melhores momentos foram refletidos pela união e amizade que se criaram entre colegas.

3. Recebeu uma bolsa de mérito ao ser o melhor estudante do mestrado, no letivo 2013/2014. Qual a sensação de ver o seu percurso académico reconhecido?

O reconhecimento de um modo geral traduz-se num ponto revelador de motivação em prol das nossas vidas. Neste caso em particular, o reconhecimento académico foi uma ferramenta de motivação tanto profissional como pessoal.

4. Considera que o Mestrado contribuiu para crescer profissionalmente e para alcançar novas oportunidades no mercado de trabalho? De que forma?

Com a frequência do Mestrado foi possível promover uma sólida formação técnica e científica na área da Segurança e Higiene no Trabalho, assim como no desenvolvimento e aperfeiçoamento de competências exigidas em contexto profissional.

5. Tem desempenhado funções nesta área na EDP e recentemente na LISNAVE. Como descreve a experiência de ser responsável pelo departamento de prevenção e segurança no trabalho?

O meu trajeto profissional como Técnico Superior de Segurança no Trabalho, já me permitiu desenvolver funções em determinados ramos da indústria nomeadamente, construção civil, transformação de cortiça, produção de eletricidade e neste momento desempenho funções como gestor do departamento de prevenção e segurança de um dos maiores estaleiros mundiais de reparação naval. Esta crescente progressão profissional deve-se a um conjunto de factos que me acompanham no dia-a-dia, referindo em particular o gosto no cumprimento das minhas funções, na constante aprendizagem que procuro alcançar “in loco” e acima de tudo encarar o trabalho como um projeto de vida.

6. Com um percurso profissional de sucesso, o que perspetiva para o futuro?

A médio e longo prazo tenciono sensibilizar em geral as empresas portuguesas, incluindo a gestão de topo e trabalhadores, no que respeita a locais de trabalho mais seguros, saudáveis e produtivos em benefício de todas as partes interessadas.

dezembro de 2016