This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Estudantes O IPS e o Ensino Secundário IPS Junior Challenge 2015
IPS JUNIOR CHALLENGE 2015
Edição 2016
Edição 2015
Edição 2014
Edição 2013
Edição 2012

No dia 17 de abril, mais de 140 alunos de escolas secundárias e profissionais do país estiveram no Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) para participarem na Cerimónia Final do IPS Junior Challenge 2015. Este ano os jovens empreendedores foram desafiados a inovar com ideias que promovam o envelhecimento ativo da população.

O projeto "Avô Guia" consagrou-se como o grande vencedor da 4ª edição da competição. Desenvolvido por uma das equipas participantes da Ensiguarda - Escola Profissional da Guarda, a ideia coloca o idoso no centro do negócio através da sua participação em atividades turísticas enquanto guia e contador de histórias.

A "SmartPBox", desenvolvida por uma das equipas da Escola Profissional da Tondela, foi a ideia de negócio que alcançou o 2º lugar. Esta revolucionária caixa, apresentada como um dispensador automático de comprimidos, pretende auxiliar os idosos na toma de medicamentos. O 3º lugar foi atribuído ao projeto "Avô Mudei a Casa", uma loja social para recolha de bens e reabilitação habitacional, criado por uma outra equipa da Ensiguarda - Escola Profissional da Guarda.

Após uma semifinal que selecionou os 6 melhores projetos, os grupos finalistas apresentaram as suas ideias de negócio perante um painel de júris constituído por representantes do IPS e das entidades parceiras do concurso, nomeadamente a CP - Comboios de Portugal, o Banco Santander Totta e o grupo Forum Estudante e por representantes de organizações dedicadas ao empreendedorismo e desenvolvimento económico, designadamente, a ANJE, CASES, ADREPES, APSS e Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa.

A iniciativa promove competências como a criatividade e o trabalho em equipa junto dos participantes, o que na opinião do Prof. Doutor Pedro Dominguinhos, Presidente do IPS, contribuirá " para que os estudantes sejam mais empreendedores quando ingressarem no mercado de trabalho". Para o dirigente a aposta em ações como o IPS Junior Challenge é fulcral ao permitir "que toda a comunidade possa participar", o que "fomenta a coesão do espírito do Instituto Politécnico de Setúbal".

Para a Dr.ª Filipa Ribeiro, Diretora de Marketing e Comunicação da CP - Comboios de Portugal, este tipo de ações contribui claramente para a promoção do empreendedorismo, pois aqui "os jovens podem ter contacto direto com as empresas" e o desenvolvimento de ideias de negócio "permite-lhes pensar de forma concreta sobre o que é necessário para terem projetos próprios, que os levem mais perto das empresas e dos mercados".

Por outro lado, segundo o Dr. Hermano Carreira, representante do Banco Santander Totta, o tema do envelhecimento ativo "foi muito bem escolhido, é um tema de consciência social e todos devemos dar atenção aos idosos", pelo que nesta edição foi possível ver e analisar "projetos de variadas áreas em que todos eles têm uma grande potencialidade".

De acordo com o Dr. Gonçalo Gil, Diretor da revista Forum Estudante, os projetos apresentados pelos jovens de vários pontos do país "mostram que Portugal tem futuro". A qualidade dos projetos foi igualmente destacada, aspeto que dificultou a escolha do júri que foi confrontado com "oportunidades de negócio ótimas, quer com um cariz mais social quer com um cariz mais comercial".

O grupo vencedor, composto por Cátia Gomes e Hélder Conceição, revela que não esperava chegar à final da competição.

Para Cátia Gomes, representante da equipa que apresentou o projeto "Avô Guia", ter alcançado o primeiro lugar "é uma sensação esplêndida", frisando ainda a relevância da temática escolhida para o concurso "pois temos de dar valor aos mais idosos, são eles o grande poço de sabedoria e conhecedores de outras vivências".


Para Daniel Figueiredo, membro da equipa que conquistou o 2º lugar com o projeto "SmatPBox", esta classificação é fator de motivação "para continuar a trabalhar, avançar com o projeto e não o meter na gaveta".

O aluno considerou, ainda, a iniciativa uma excelente oportunidade para conhecer outras ideias inovadoras e fazer novas amizades.


Participar na competição "foi bastante entusiasmante, foi uma experiência nova e excelente, é algo que todos os jovens deviam tentar", mencionou Daniela Amaral, membro da equipa que alcançou o 3º lugar com o projeto "Avô Mudei a Casa".

De acordo com a aluna, conseguir o 3º lugar na competição significa "que afinal a nossa ideia até era boa, é dar valor ao trabalho que tivemos nestas últimas semanas a preparar o projeto".

No IPS Junior Challenge 2015 os jovens tiveram a oportunidade de dar asas à sua criatividade e inovação, desenvolvendo simultaneamente competências essenciais ao espírito e cultura empreendedora. No próximo ano o concurso regressa com mais novidades e em busca dos jovens mais empreendedores de Portugal.

Álbum Fotográfico [final IPS Junior Challenge 2015]
Álbum Fotográfico Workshop "Do Sonho à Inovação" 2015 [Escola Secundária Fernão Mendes Pinto, Almada]
Álbum Fotográfico Workshop "Do Sonho à Inovação" 2015 [Escola Profissional de Ourém]
Álbum Fotográfico Workshop "Do Sonho à Inovação" 2015 [Escola Profissional de Tondela]
Álbum Fotográfico Workshop "Do Sonho à Inovação" 2015 [Escola Profissional Profitecla Lisboa]
Álbum Fotográfico Workshop "Do Sonho à Inovação" 2015 [Ensiguarda - Escola Profissional da Guarda]