This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Candidatos Candidaturas Licenciaturas Candidaturas a Acesso Mudança de Par Instituição/Curso e Reingresso Informação Candidaturas
INFORMAÇÃO CANDIDATURAS
Informação Candidaturas
Critérios de Seriação
Pré-requisitos
Fases do Processo
Calendário
Vagas
Júris
Legislação
FAQ's
Indeferimento Liminar e Reclamações
Candidaturas - Mudança de Par Instituição/Curso
Candidaturas - Mudança de Par Instituição/Curso (2º Semestre)
Candidaturas - Mudança de Ramo
Candidaturas - Mudança de Ramo (2º Semestre)
Candidaturas - Mudança de Regime
Candidaturas - Mudança de Regime (2º Semestre)
Candidaturas - Reingresso
Candidaturas - Reingresso (2º Semestre)

Resultados - Mudança de Par Instituição/Curso
Resultados - Mudança de Par Instituição/Curso (2º Semestre)
Resultados - Mudança de Ramo
Resultados - Mudança de Ramo (2º Semestre)
Resultados - Mudança de Regime
Resultados - Mudança de Regime (2º Semestre)
Resultados - Reingresso
Resultados - Reingresso (2º Semestre)


CANDIDATURAS A MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO, MUDANÇA DE RAMO, REGIME E DE REINGRESSO

Os concursos de mudança de par instituição/curso, mudança de ramo, regime e reingresso destinam-se a candidatos que:

  • Frequentem ou tenham frequentado o ensino superior e que pretendam inscrever-se, numa das Escolas do IPS, em curso igual ou diferente daquele em que praticaram a última inscrição – MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO;
  • Frequentem, tenham frequentado ou sejam titulares de um curso superior estrangeiro e que pretendam inscrever-se, numa das Escolas do IPS, em curso diferente – MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO;
  • Retomar os estudos, no mesmo curso e na mesma Escola do IPS - REINGRESSO.
  • Mudar de ramo, no mesmo curso e na mesma Escola do IPS que se encontrava inscrito no ano letivo anterior - MUDANÇA DE RAMO.
  • Mudar de regime no mesmo curso e na mesma Escola do IPS que se encontrava inscrito no ano letivo anterior - MUDANÇA DE REGIME
Aos estudantes internacionais que acedam pelo contingente de MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO será aplicada a propina de estudante internacional (ver Propina).

CONDICIONANTES

Os estudantes que ingressaram no ensino superior pelos regimes especiais apenas poderão apresentar candidatura se tiverem obtido autorização do país de origem, para efetuar a mudança de curso.

De acordo com a nova legislação (Portaria n.º 181-D/2015, de 19 de junho), apenas podem requerer a mudança para um curso do IPS os estudantes que, tendo ingressado no ensino superior pelo concurso nacional de acesso:

    a) Tenham estado matriculados e inscritos noutro par instituição/curso e não o tenham concluído;

    b) Tenham realizado os exames nacionais do ensino secundário correspondentes às provas de ingresso fixadas para esse par, para esse ano, no âmbito do regime geral de acesso;

    c) Tenham, nesses exames, a classificação mínima exigida pela instituição de ensino superior, nesse ano, no âmbito do regime geral de acesso.

Para os estudantes que ingressaram no ensino superior através das PROVAS M23, reguladas pelo Decreto -Lei n.º 64/2006, de 21 de março, alterado pelo Decreto -Lei n.º 113/2014, de 16 de julho, apenas poderão candidatar-se se a Prova M23, com que acederam ao ensino superior, permitir o acesso ao curso pretendido (em caso de dúvidas, consulte o Presidente do Júri da Escola que ministra o curso).

Para os estudantes que ingressaram no ensino superior com a titularidade de um CET, apenas poderão candidatar-se caso o curso pretendido disponibilize anualmente vagas para titulares de CET e o CET conste na lista dos que são aceites para esse concurso (em caso de dúvidas, consulte o Presidente do Júri da Escola que ministra o curso.

Para os estudantes que ingressaram no ensino superior com a titularidade de um CTeSP, apenas poderão candidatar-se caso o curso pretendido disponibilize anualmente vagas para titulares de CTeSP e o CTeSP conste na lista dos que são aceites para esse concurso (em caso de dúvidas, consulte o Presidente do Júri da Escola que ministra o curso).

Para os estudantes internacionais, a condição estabelecida acima pode ser substituída pela aplicação do disposto nos artigos 5.º e 6.º do Decreto -Lei n.º 36/2014, de 10 de março, alterado pelo Decreto -Lei n.º 113/2014, de 16 de julho. Aos estudantes internacionais que acedam pelo contingente de MUDANÇA DE CURSO será aplicada uma propina diferenciada (ver Propina).

DOCUMENTOS A SUBMETER NAS CANDIDATURAS PARA MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO

Para submeter a sua candidatura terá que providenciar os seguintes documentos:

  • Cópia de documento de identificação (BI/CC/Passaporte/Título de Residência permanente) ou a Minuta de Substituição do Documento de Identificação ;
  • Certidão de aproveitamento escolar, do curso de origem, com discriminação das datas de aprovação ou prints da Ficha de Aluno (caso seja estudante do IPS);
  • Programas detalhados das UC do curso de origem autenticados (se foi estudante do IPS pode apresentar prints da informação constante no Portal da Escola);
  • Comprovativo da forma de ingresso no ensino Superior:
    • Nota biográfica de acesso ao Ensino Superior (Ficha ENES) ou Documento comprovativo de titularidade das Provas dos Maiores de 23 anos, com classificação, se aplicável.
    • Declaração do regime de acesso à Licenciatura na Instituição de Origem (apenas aplicável a candidatos que tenham ingressado através do concurso especial para titulares de CET, CTeSP ou de outro curso superior. Não aplicável aos estudantes IPS);
  • Cópia da Portaria/Despacho que aprova o Plano de Estudos do curso de origem (não aplicável aos estudantes IPS).
  • Comprovativo de não prescrição na Escola de origem, se aplicável;
  • Cópia do cartão de contribuinte, se não submeteu Cartão de Cidadão ou Minuta de Substituição do Documento de Identificação ;
  • Minuta de candidatura/inscrição paga por empresa , (se aplicável) devidamente preenchida.
No caso de ser estudante internacional deve também submeter os seguintes documentos:
  • Certificado de conclusão de curso de ensino secundário, com discriminação das notas, do país de origem (aplicável a estudantes internacionais).
  • Certidão de aproveitamento escolar do curso de ensino superior do país de origem, com discriminação das notas ou Certidão de frequência no curso de ensino superior do país de origem (aplicável a estudantes internacionais).
  • Ata de colocação ou declaração em como ficou colocado (apenas aplicável a estudantes internacionais, do IPS).

DOCUMENTOS A SUBMETER NAS CANDIDATURAS A MUDANÇA DE RAMO, REGIME E A REINGRESSO

Para submeter a sua candidatura a mudança de ramo ou a reingresso, para além de utilizar as credenciais de estudante relativas à sua última inscrição, terá que providenciar os seguintes documentos: