This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Estudantes Atividades Académicas Reconhecimento e Validação de Competências FAQ
FAQ
Apresentação
Informação Candidaturas
Lista de UC sem reconhecimento
Calendário
Júris
Legislação
FAQ
Candidaturas RVC
Resultados RVC


FAQ

1. O que é o PROCESSO RVC-IPS?
É um processo que permite reconhecer e validar aprendizagens e competências adquiridas para além dos contextos formais de educação, traduzindo-se na obtenção de créditos no quadro do sistema europeu de transferência de créditos (ECTS: European Credit Transfer System).

2. Qual é a finalidade do processo?
Este processo permite obter créditos no âmbito das Unidades Curriculares (UC) que integram o plano de estudos do curso onde os estudantes estão matriculados, isentando-os da sua realização. Possibilita aos estudantes uma gestão mais adequada dos seus recursos e percursos bem como uma progressão académica em conformidade com as aprendizagens e competências já adquiridas.

3. Quem pode candidatar-se?
Todos os estudantes que se encontrem matriculados nas Escolas Superiores do IPS podem candidatar-se ao processo RVC, desde que detenham:

    a) Nas licenciaturas, mestrados e pós-graduações, pelo menos 3 anos de experiência profissional e/ou experiência de voluntariado e/ou experiência de outras atividades consideradas relevantes e adequadas — no âmbito das UC ou do curso que frequentam —, e desde que devidamente comprovadas.
    b) Nos cursos técnicos superiores profissionais, pelo menos cinco anos de experiência comprovada (Alínea g) do Artigo 45º, Decreto- Lei n.º 65/2018, de 16 de agosto

4. Quando pode ser apresentada a candidatura?
A candidatura é apresentada nas datas definidas pelo IPS, anualmente e durante um período de tempo determinado: entre 1 de outubro e 30 de novembro. Existe ainda um prazo excecional para estudantes que se matriculem em data posterior a 1 de outubro e para estudantes finalistas, que decorrerá de 15 de janeiro a 15 de março.

5. Quantas vezes se pode apresentar uma candidatura?
Durante a realização de um ciclo de estudos podem ser apresentadas até duas candidaturas.

6. Quantos créditos se podem obter por este processo?

    a) um terço do total dos créditos do ciclo de estudos, no caso de licenciaturas;
    b) um terço dos créditos da parte curricular, no caso de mestrados;
    c) metade do total dos créditos do ciclo de estudos, no caso de cursos técnicos superiores profissionais, desde que o estudante detenha mais que cinco anos de experiência comprovada (Alínea g) do Artigo 45º, Decreto-Lei n.º 65/2018, de 16 de agosto).

7. Como é apresentada a candidatura?
A candidatura é formalizada através de requerimento próprio do IPS, acompanhada dos seguintes documentos: Dossier/ Portfolio de Competências, Carta de Motivações, Curriculum Vitae modelo Europeu e os respetivos comprovativos. O estudante deverá ainda proceder ao pagamento dos emolumentos correspondentes, de acordo com a tabela em vigor no IPS.

8. Como posso comprovar os 3 ou os 5 de experiência profissional, de voluntariado ou de outras atividades relevantes que é exigida?
Mediante a apresentação obrigatória de documentos comprovativos ou declarações da(s) entidade(s) onde desempenhou a(s) atividade(s), declaração da Segurança Social onde figurem os anos de descontos efetuados, ou outras relevantes a partir das quais se possa determinar o número de anos de experiência profissional exigidos (3 ou 5 anos), na área considerada.

9. O que deve conter o Dossier / Portfolio de Competências?
O Dossier / Portfolio de competências em vigor no IPS está organizado de modo a poder apresentar de forma clara e sucinta a identificação das formações, atividades e experiências relevantes (ex: indicando as funções / atividades realizadas e duração das mesmas). Terá que explicitar de forma clara e coerente as aprendizagens e competências adquiridas e a sua relação com as UC em que pretende obter o reconhecimento e a validação.
O Dossier / Portfolio tem que incluir os comprovativos, declarações, certificados e demais elementos que permitam comprovar a realização das atividades apresentadas e a sua duração.

10. O que deve conter o Dossier / Portfolio de Competências?
A preparação do Dossier / Portfolio é da responsabilidade do candidato, que deverá reunir e compilar todos os documentos considerados necessários na apresentação da candidatura.

11. Quem avalia a candidatura?
A avaliação da candidatura é efetuada por um júri, que é nomeado em função da natureza e especificidade do pedido – área científica / UC em causa –, em cada Escola Superior do IPS. O júri é composto por um Presidente e um mínimo de dois Vogais; sempre que seja considerado necessário, poderá ser alargado a outros Vogais.

12. Como é avaliada a candidatura?
O júri analisa e avalia o Dossier / Portfolio apresentado, faz uma entrevista ao candidato e, caso seja considerado necessário, decide sobre a realização de provas complementares. A avaliação é feita tendo como referencial as UC para as quais é feita a candidatura. As aprendizagens e as competências adquiridas pelos estudantes (identificadas e devidamente documentadas) são validadas à luz do referencial de aprendizagens/competências que a UC visa desenvolver.

13. Em que UC pode ser obtido o reconhecimento / validação /creditação?
Cada Escola Superior do IPS indica as UC em que não é possível realizar o reconhecimento/validação, em função da sua natureza específica e da legislação em vigor. Deverá consultar a LISTA DE UC SEM RVC

14. Quais são os princípios da avaliação?
A avaliação é realizada de forma a garantir a autenticidade, adequação, relevância e atualidade das aprendizagens e competências evidenciadas.

15. Qual é o resultado da avaliação?
Em cada UC, o resultado final do processo poderá ser a Validação Total ou a não Validação. A Validação Total traduz-se na menção qualitativa de aprovado, com a atribuição do nº de ECTS correspondentes; a não Validação traduz-se na menção de não aprovado, sem atribuição de ECTS. Existe ainda a possibilidade de validação parcial, de caráter condicional, sujeita aos requisitos previstos no Regulamento do Processo RVC.

16. Existe classificação nas UC aprovadas?
Não existe classificação para efeitos de diploma. O resultado é expresso em termos de Aprovação ou não Aprovação das respetivas UC, obtendo-se o número de créditos correspondentes.

17. Como é divulgada a decisão?
O júri elabora um parecer fundamentando a decisão, com base na apreciação dos elementos do Dossier/Portfolio, da entrevista realizada com o candidato e das eventuais provas complementares. O resultado é transmitido ao candidato pela UDRVC, após ratificação do Conselho Técnico Científico da Escola em questão.

18. Qual é o regulamento em vigor?
O regulamento do processo de Reconhecimento e Validação de Competências está integrado no “Regulamento das Actividades Académicas e Linhas Orientadoras de Avaliação de Desempenho Escolar dos Estudantes do IPS”, publicado em Diário da República 2ª série - nº179 de 17 de setembro de 2018

19. Onde posso obter mais informação?
Através da página da UDRVC - Unidade de Desenvolvimento, Reconhecimento e Validação de Competências do IPS .