This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Internacional Programas de Mobilidade Docentes e Não Docentes Santander Investigação
SANTANDER INVESTIGAÇÃO

COMUNICAÇÃO DE RESULTADOS DA FASE DE CANDIDATURAS

Na sequência da fase de candidaturas do concurso de Bolsas Santander Investigação, que decorreu até 29 de junho de 2018, foi aprovada a candidatura da Professora Maria Ângela Gomes de Araújo de Lacerda Nobre, da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Setúbal.

Resultados da fase de candidatura ao Programa de Bolsas Santander Investigação Convocatória 2018 (PDF | 38KB)

BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER INVESTIGAÇÃO – FASE EXTRAORDINÁRIA DE CANDIDATURAS

Existindo ainda uma outra bolsa para atribuir, foi decidida a abertura de uma nova fase extraordinária de candidaturas às Bolsas Santander Investigação..

Edital Santander Investigação (PDF | 169KB)

Programa Santander Universidades

O Programa de Bolsas Ibero-americanas Santander Investigação tem como objetivo reforçar a mobilidade e o intercâmbio de professores, investigadores e estudantes de doutoramento entre universidades e centros de investigação ibero-americanos.

O intercâmbio deverá ser realizado numa instituição parceira pertencente à rede do Programa, sendo obrigatória a existência de um Protocolo de Cooperação entre o IPS e a mesma.

Esta tipologia de bolsa visa promover a atualização do nível de conhecimentos, a aprendizagem de novas técnicas e métodos, e o estabelecimento ou consolidação de vínculos académicos entre equipas de investigação e instituições ibero-americanas, permitindo inclusivamente reunir informação adicional e específica necessária para os estudos ou investigações que os destinatários estejam a realizar. Especificamente, as bolsas também pretendem ajudar a completar a formação e especialização científica e técnica do pessoal investigador em formação ou dos estudantes de doutoramento.

O Programa de Bolsas Ibero-Americanas Santander Investigação é patrocinado pelo Banco Santander e segue Regulamento 2018 (PDF | 267KB).

CANDIDATOS ELEGÍVEIS

Podem candidatar-se a esta tipologia de bolsa docentes/investigadores do IPS, preferencialmente candidatos com idade inferior a 35 anos (desde que o plano de trabalhos cumpra os requisitos obrigatórios), detentores de um currículo académico/profissional meritório, com contrato com o IPS no momento da concessão da Bolsa, e em vigor durante todo o período em que decorrerá a mobilidade.

BOLSA DE MOBILIDADE

Será atribuída uma Bolsa Santander Investigação, no valor de 5.000¤, independentemente do país de destino. Este montante destina-se a apoiar gastos com deslocações, alojamento e subsistência.

O pagamento da Bolsa é feito diretamente ao candidato, exclusivamente através de contas do Banco Santander, pelo que o candidato selecionado que não seja cliente deste banco terá de abrir uma conta específica para o efeito.

A gestão da verba atribuída é da inteira responsabilidade do/a candidato/a, sendo o seu pagamento realizado integralmente após a assinatura do Contrato de Docente em Mobilidade.

A duração mínima da Bolsa para professores e investigadores é de dois meses, não sendo obrigatório que este período seja em contínuo (desde que devidamente justificado pelas necessidades do próprio programa de trabalhos). A estadia na instituição parceira deve estar terminada antes de 30 de junho de 2019.

DOCUMENTAÇÃO A APRESENTAR

a) Em sede de candidatura

  • Curriculum Vitae;
  • Formulário de Candidatura (a preencher diretamente na página web das Bolsas Santander Universidades);
  • Plano de Trabalho elaborado e detalhado do projeto/investigação a desenvolver na instituição de destino (o projeto a desenvolver deverá consistir num trabalho de investigação básica, investigação estratégica, investigação aplicada, desenvolvimento experimental ou transferência de conhecimentos, incluindo a inovação e as capacidades de assessoria, supervisão e docência, gestão dos conhecimentos e direitos de propriedade intelectual, e a exploração de resultados de investigação);
  • Parecer do Diretor da respetiva Escola do IPS;
  • Carta de Aceitação da instituição de destino.

b) Após seleção e antes da mobilidade

Se o candidato for selecionado será assinado um Contrato de Docente em Mobilidade, que confere o estatuto de docente em mobilidade, e no qual ficarão definidos os direitos e os deveres dos dois outorgantes. Neste Contrato ficará nomeadamente estabelecido que o candidato aceita as condições estipuladas na Convocatória Santander 2018, bem como que se compromete a regressar à instituição de origem uma vez terminada a sua mobilidade.

c) Após a mobilidade

  • Relatório Final Individual (DOC | 59KB), Certificado pelo diretor do projeto e/ou centro com que colaborou;
  • Carta de Confirmação emitida pela instituição de destino com as datas do período de mobilidade.
Ambos os documentos deverão ser entregues obrigatoriamente até 15 dias após o regresso.

Toda a documentação mencionada neste ponto (à exceção do Formulário de Candidatura, que é de preenchimento online) deverá ser enviada por e-mail para cimob@ips.pt , em formato PDF, até à data definida para o efeito. Deverá igualmente ser entregue uma cópia em suporte de papel no CIMOB-IPS.

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO

A seleção dos candidatos será realizada de acordo com os seguintes critérios:

  • Perfil curricular;
  • Interesse académico e/ou científico do Plano de Trabalho apresentado, e sua adequação ao centro de investigação ou universidade de destino.

JÚRI DO CONCURSO

O júri do presente concurso é composto pelos seguintes elementos:

Presidente: Professora Doutora Susana Paula dos Santos Carvalho Piçarra Gonçalves
Vogal: Professor Doutor Filipe Duarte dos Santos Cardoso
Vogal: Professora Doutora Cristina Maria Gomes da Silva
Vogal: Professora Doutora Maria Helena de Figueiredo Ramos Caria

PRAZO DE CANDIDATURAS

As candidaturas a esta fase extraordinária do concurso devem ser apresentadas até ao dia 18 de novembro de 2018..

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS

Os resultados serão divulgados até 30 de novembro de 2018.

INSTITUIÇÕES COM PROTOCOLO JÁ ESTABELECIDO E INSTITUIÇÕES PARTICIPANTES NO PROGRAMA

Conforme mencionado anteriormente, a mobilidade tem obrigatoriamente que estar abrangida por um Protocolo de Cooperação ou Convénio entre o IPS e a instituição de destino.

Consulte as Instituições Parceiras do IPS (PDF | 205KB)

A listagem das instituições participantes do Programa Santander Universidades pode ser consultada na respetiva página web em: www.becas-santander.com

CONTACTOS

As questões relacionadas com este concurso podem ser direcionadas para cimob@ips.pt .

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

CONSULADO DO BRASIL
Morada: Rua Antonio Maria Cardoso, 39 – Baixa Chiado, 1200 - 026 Lisboa
Página Consulado Geral do Brasil: agendacgbl.com

CONSULADO DO CHILE
Morada: Av. Miguel Bombarda Nº 5, 1º Andar, 1000 - 207, Lisboa
Telefones: 21 314 8054 | 21 352 4680 | 21 353 8516
E-mail: consulado.echile@net.novis.pt
Site: chileabroad.gov.cl/lisboa