This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Projeto Gralha regressa para debater 'O resto, o sobrante da arte'

Próxima sessão vai reunir vários artistas no Bairro da Bela Vista

Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) e a Câmara Municipal de Setúbal, parceiros no Projeto Gralha, firmado no último mês de maio, vão retomar, já no próximo dia 20 de setembro, o ciclo de debates "O resto, o sobrante...", desta vez em torno da temática da Arte.

Depois de uma primeira sessão, ainda em junho, dedicada ao que resta e sobra da Humanidade, numa sociedade de superabundância, o que agora se propõe partilhar com a comunidade académica e com o público em geral é uma reflexão sobre "as aparas do processo criativo", num debate agendado para as 17h00, no auditório da Escola Secundária da Bela Vista, Setúbal.

À mesa, sob moderação de Cristina Gomes da Silva, docente do IPS, estarão reunidos o músico Alexandre Branco Weffort, a escritora e jornalista Ana Margarida de Carvalho, o assessor para a cultura da Câmara Municipal de Setúbal Manuel Augusto AraújoMarco Martins, realizador de "São Jorge" (parcialmente rodado justamente no bairro setubalense da Bela Vista), e ainda Nuno Lopes, que com a sua interpretação do protagonista deste filme, um pugilista desempregado, conquistou o prémio de Melhor Ator na última edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza.        

##1## ##2## ##3##

Antes mesmo do debate, pelas 16h00, está prevista uma visita ao Núcleo Museológico Urbano da Bela Vista, projeto escultórico e de requalificação urbana que, desde 2011, tem vindo a ser desenvolvido pelo município de Setúbal, com o objetivo de envolver os moradores e de atrair pessoas de outros locais da cidade e do País a um bairro associado a estereótipos negativos e profundamente estigmatizado.

O programa prossegue ainda, pelas 21h30, na Casa da Cultura, com a apresentação, gratuita, do filme "Twenty-one-twelve - The day the world didn't end" (2013), de Marco Martins, naquela que será a sua segunda exibição em território português, depois de uma única sessão na Fundação Calouste Gulbenkian. A obra, realizada para ser exibida no Museu do Louvre, Paris, foi rodada em sítios tão distintos como Lisboa, Tóquio, Mumbai, Biella (Itália), Oxford e Trás-os- Montes, e descreve a rotina de 12 personagens no dia que antecede o presumível fim do mundo: 20 de dezembro de 2012.

Num tempo em que rapidez, imediatismo e efemeridade são palavras de ordem, o ciclo de debates "O resto, o sobrante..." propõe aos cidadãos um espaço de paragem, um parêntesis de crítica e de reflexão, sobre o que é importante reter entre a voragem dos dias, nas várias áreas da vida em sociedade. 

Nas artes são muitos os restos ou será mesmo com os restos de outras obras que se constroem obras sublimes. Ficam (quase) sempre desconhecidos. Com quantos restos Beethoven escreveu a 6ª Sinfonia, Faulkner as Palmeiras Bravas, T.S.Elliot Os Quartetos, Orson Welles o Citizen Kane, Boticelli o Nascimento de Vénus e a Primavera, Sófloces o Édipo Rei? Nunca se saberá ou só se saberá parcialmente. Mas todas elas, todas as que vibram luminosamente nas artes e nas letras têm um rasto de restos. O resto, o sobrante é o oceano de onde emergem os continentes que são cartografados. Poderá ser resgatado ao esquecimento sabendo-se que do resto, do sobrante nada fica, mas está em todo o lado. Um hemisfério de interrogações em que o resto, o sobrante se pode tornar o centro de debates

Até dezembro do próximo ano seguem-se as temáticas do OrçamentoCiência e FilosofiaPalavrasAmbiente e  Cidades, reunindo especialistas em diferentes espaços da cidade do Sado. Recorde-se que o Projeto Gralha, de natureza sociocultural, recebe simbolicamente o nome do pássaro que povoa o campus do IPS, conhecido pela sua intensidade vocal mas sobretudo pela sua inteligência e destreza. 

Para mais informações sobre o projeto e as próximas sessões consultar aqui.

 

13 setembro de 2017

Opções
Últimas Notícias
IPS acolhe conferência internacional sobre Engenharia e Gestão Industrial
Sessão de acolhimento aos novos estudantes | 25 de setembro
Programação e Robótica no Ensino Básico avança com o apoio do IPS
Mais de 800 novos estudantes colocados no Politécnico de Setúbal
'Setúbal, Cidade Vermelha': os dias da Revolução na cidade do Sado