This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Vencedores da 2.ª Edição do Jogo de Gestão Interescolas

Equipa Roazes da Escola Secundária du Bocage ganha 1.º prémio

Aprender a trabalhar em equipa e sob pressão e tomar as melhores decisões, são as principais aprendizagens destacadas pelos alunos que participaram na Final da 2.ª Edição do Jogo de Gestão Interescolas, que decorreu a 21 de abril, na Escola Superior de Ciências Empresarias do Instituto Politécnico de Setúbal (ESCE/IPS).

Após a receção de boas-vindas, feita pelo Sub-diretor da ESCE/IPS, Prof. Doutor João Cordeiro, as 12 equipas apuradas entraram em prova e mostraram as suas verdadeiras competências de gestão, numa disputa saudável mas competitiva.

A equipa Roazes, da Escola Secundária du Bocage venceu o primeiro prémio, com um resultado líquido de 128.897 euros. Cada um dos alunos recebeu  como prémio um telemóvel Huawei Y625 e bilhetes para a peça de Teatro "Fuga", do Teatro de Animação de Setúbal.


A b c

O 2.º lugar foi para a equipa ESJP Team, da Escola Secundária Jorge Peixinho, do Montijo, com um resultado líquido de 127.365 euros e na mesma cidade também ficou o 3.º lugar da competição para a equipa Deautys, da Escola Profissional, com um resultado líquido de 113.261. euros.

Os prémios foram entregues pelo Presidente do IPS, Prof. Doutor Pedro Dominguinhos, que agradeceu a participação de todos, escolas, docentes e alunos, enfatizando que "vencer é importante mas o desafio foi desenvolver competências, como o trabalho de equipa e a tomada de decisões". Esta iniciativa insere-se numa estratégia global do IPS de aproximação às escolas secundárias e profissionais do distrito de Setúbal e o balanço é muito positivo, aumentando o número de estudantes participantes, o que segundo o presidente do IPS "estamos no caminho correto e é certamente para continuar uma nova edição no próximo ano".

Bernardo Ermitão, porta-voz da equipa vencedora referiu a "pressão do tempo" como o maior desafio desta final, salientando como maior aprendizagem o facto de terem ficado com "uma noção mais real do que é a economia aplicada aos nossos dias" e reforçou que "valeu mesmo a pena participar". O mesmo sentimento foi partilhado pelo Diogo Martins, da Escola Secundária de Palmela, que mesmo não ganhando referiu que "deu para testar conhecimentos na área da economia e não só".

Os docentes que acompanharam as equipas são unânimes na importância destas iniciativas para o desenvolvimento de competências dos alunos e a possibilidade de lhes mostrar outras alternativas no prosseguimento dos estudos. O Professor Flamino Viola, da Escola Secundária Jorge Peixinho, vê nesta participação a "possibilidade dos alunos pensarem na gestão e economia como uma perspetiva de futuro".

24 de abril 2017

Opções
Últimas Notícias
Prolongamento do prazo Maiores de 23
Pedro Dominguinhos tomou posse como presidente do CCISP
Cerimónia de Entrega das Cartas de Curso 2018 | 22 de setembro
Equipa apoiada pelo IPS vence concurso nacional CanSat 2018